Publicado por: solventeuniversal | 17 de novembro de 2010

Oi! Quer teclar?


 

 

 

A vasta rede tecnológica que dispomos hoje, sem dúvida alguma, pode contribuir muito com a Qualidade de Vida das pessoas. Utilizar a internet para criar laços afetivos virtuais através  de redes sociais e chats é uma realidade comum. A facilidade que esse meio proporciona é um dos motivos que levam as pessoas, as vezes, separadas por milhares de quilômetros, a trocarem mensagens apaixonadas.  E um relacionamento virtual pode se tornar real, de acordo com o desejo dos envolvidos ou das condições em que se encontram.

 

Porém, como toda ferramenta, a virtualidade tem seus pontos negativos. A criação de “submundos virtuais”, deslocados da realidade, podem causar certos problemas quando o virtual é usado para enganar, iludir e até mesmo causar violência real. No entanto, a psicopatia humana não atinge somente a internet. O psicanalista Flávio Gikovate, que participa na novela Passione, concedeu uma entrevista à Ana Maria Braga em seu Programa sobre Amor Via internet.  Para ele, esse perigo não esta apenas na rede: “Os psicopatas, por exemplo, também estão em bares e boates. Todos os problemas do mundo virtual se encontram também no mundo real. É bobagem brigar com isso porque a internet está crescendo mesmo e tem, na minha opinião, mais vantagens do que desvantagens. As pessoas se conhecem melhor e não é a toa que logo se apaixonam. Facilita a vida do mentiroso, mas a do honesto também. As relações são mais sinceras, de dentro para a fora, e não de fora para dentro”, explicou. E nesse sentido, não deve-se condenar o uso das tecnologias para melhorar as relações afetivas humanas e, consequentemente, a Qualidade de Vida das pessoas.  O especialista comentou também sobre sexo virtual. Confira o vídeo: 

 

LINK DO VÍDEO! AMOR VIA INTERNET



 

Segundo dados do IBGE, no Brasil existem 62 milhões de solteiros. Então por quê não utilizar a internet como forma de busca na realização de desejos pessoais AMOROSOS? Que aumentem nossa auto-estima, nossa felicidade?

 

A palavra de ordem é DIVERSIDADE. Respeitá-la é fundamental para que possamos conviver harmonicamente com os diferentes padrões e posicionamentos das pessoas. Julgar alguém que se relaciona virtualmente ou que busca esta tecnologia para encontrar o seu par ideal é dar margem ao preconceito. Afinal, o AMOR e a AFETIVIDADE ( em suas variadas formas) tanto podem acontecer, como são uma realidade na vida de muitos. E tudo isso, contribuiu para a Qualidade de Vida! Relacionar-se na modernidade  é ter a mente aberta! É utilizar as ferramentas como forma de aproximação das pessoas!

Um namoro virtual pode se tornar Real!

E você, faz parte dos milhões de solteiros do Brasil? Quem sabe não é na internet que você vai encontrar o grande amor da sua vida!


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: