Publicado por: solventeuniversal | 13 de outubro de 2010

Mudança de Hábito


Não é difícil de imaginar o porquê de a civilização moderna consumir altíssimos índices de energia elétrica. Pensemos em um simples passeio romântico ao fim do dia pela Praça Saldanha Marinho em total escuridão. Seria, no mínimo, estranho, não? Imaginemos, agora, uma cidade inteira, como Santa Maria, sem energia elétrica! Isso afetaria não apenas a vida pessoal das pessoas, mas as bases do funcionamento da sociedade como um todo, já que esta é quase totalmente estruturada de acordo com os moldes da atualidade. A energia elétrica é necessária, mas seu uso causa impactos ambientais de cuja intensidade depende da forma de utilização e da fonte da energia.

Uma diminuição no consumo de energia elétrica acarretaria a exigência de uma menor produção e, consequentemente, menores danos ao meio ambiente.

Felizmente, atitudes simples – questão de hábito!- podem modificar a realidade e, consequentemente, o futuro. Já parou para pensar que o computador não necessita ficar ligado quando nós não o estamos utilizando? Ou que a porta da geladeira não precisa ficar aberta por vários e vários minutos? Ou, ainda, que não custa nada desligar as luzes dos outros cômodos da casa quando não estivermos neles? Que tal, por exemplo, aproveitar a tarde para dar uma volta pela cidade e dar uma folga para a TV?

São gestos mínimos, que não trariam problema algum à vida pessoal ou profissional de ninguém, mas que impulsionariam a Qualidade de Vida das pessoas, agora em âmbito ambiental, social e educacional. Saber diferenciar o necessário do supérfluo pode fazer a diferença. Desligue as lâmpadas do exagero e acenda as luzes das boas ideias para o mundo.

Desligar a TV e passear pelas áreas de lazer da cidade pode ser uma boa pedida. Pense nisso.


Responses

  1. Concordo plenamente com o que foi abordado por vocês. Espero sinceramente que as pessoas tomem consciência sobre esse assunto, mas que também pratiquem.
    Muito bom. parabéns!

    • Parabéns pelo assunto abordado.
      Além das dicas já comentadas no texto, vale lembrar também outra muito importante, simples e que traria avanços significativos quanto à economia de energia: a substituição de lâmpadas incandescentes por fluorescentes: as fluorescentes têm iluminação mais aproximada da natural e algumas podem chegar a reduzir o consumo em até 80%.

      http://energiaebjosesaraiva.blogs.sapo.pt/14727.html
      http://en.wikipedia.org/wiki/Energy_conservation

      • Com certeza, Rogério! E isso é o bom: O fato de juntos dialogarmos e propormos coisas boas para esse mundo.
        Grande abraço e muito obrigado pela contribuição.

    • É verdade, Thiago. Não adianta nada falarmos, falarmos e falarmos se não fizermos! Grande abraço e volte sempre!!


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: